Clique abaixo nos serviços para saber maiores informações.

CURSOS E PALESTRAS

Prevenção à dependência química, álcool e drogas. O projeto de Palestras Arco-Íris do Instituto Sapiens Vita tem como objetivo auxiliar as empresas a cuidar da saúde dos seus colaboradores, e melhorando sua qualidade de vida no ambiente de trabalho.

VEJA A APRESENTAÇÃO – PDF

PROGRAMAS DE PREVENÇÃO
PRO VITA

PROGRAMAS DE PREVENÇÃO
PRO VITA

A preocupação com o uso indevido de álcool e outras drogas é um assunto
constantemente discutido. Cada vez mais, os dados sobre drogadição, desestruturação familiar, violência doméstica, faltas ao trabalho, baixa produtividade, entre outros problemas agravados pelo uso abusivo e em última estancia pela dependência química, tem levado a sociedade a buscar soluções de prevenção e tratamento.

Dados levantados pela OIT indicam que de 20% a 25% dos acidentes de trabalho no mundo envolvem pessoas intoxicadas que se machucam a si mesmas e a outros e apontam o Brasil entre os cinco primeiros do mundo em número de acidentes no trabalho. Segundo cálculos do Banco Interamericano do desenvolvimento (BID), o Brasil perde por ano US$ 19 bilhões por absenteísmo, acidentes e enfermidades causadas pelo uso do álcool e outras drogas.

No ambiente de trabalho, o uso indevido de álcool e outras drogas:
afeta até 15% dos empregados;
aumenta em 5 vezes as chances de acidentes de trabalho;
é responsável por 50% do absenteísmo e licenças médicas;
aumenta os custos com rotatividade dos funcionários.

O II Levantamento Nacional de Álcool e Outras Drogas (LENAD), dentre os inúmeros efeitos prejudiciais do consumo do álcool, apontou alguns dados nacionais que merecem atenção quando focado o ambiente de trabalho.

-32% dos adultos declaram já não ter sido capaz de parar depois de começar a beber; em números absolutos, isto corresponde a 21,80 milhões de pessoas;
-10% referiram que alguém já se machucou em consequência do seu consumo de álcool (6,60 milhões de pessoas);
-8% dos respondentes admitiram que o uso do álcool já teve efeito prejudicial no trabalho, o que corresponde a 7,40 milhões de pessoas;
-47,90% já perderam o emprego devido ao consumo de álcool (4,60 milhões de pessoa nesta situação);
-9% admitiram que o uso de álcool já teve efeito prejudicial na família ou no
relacionamento (12,40 milhões de pessoas)

Segundo dados do Ministério da Previdência Social entre os anos de 2.006 a 2.017, foram 447.900 os brasileiros que se afastaram do emprego por causa do uso abusivo de álcool e outras drogas.

Em 2.017, os afastamentos decorrentes do uso de álcool e outras drogas representam 1,41% do total.
O uso abusivo de SPA é grave e costuma romper a ligação que os dependentes tinham com a família e com o trabalho.
O estudo “O alcoolismo na perspectiva da saúde pública”, de José Mauro Braz de Lima (2008), Professor de Medicina da UFRJ, afirma:
+ 74,3% dos usuários de substâncias psicoativas estão empregados;
+ 40% das mortes e 47% dos ferimentos no local de trabalho estão relacionados com o abuso de bebidas alcoólicas.
Segundo o Instituto Nacional de Políticas Públicas do Álcool e outras Drogas (2012), o uso indevido de álcool e outras drogas no trabalho é responsável por 50% das ausências e licenças médicas, ocasionando sérios prejuízos pessoais, às famílias, ao sistema previdenciário, assim como à produtividade das empresas.

ACESSE O CURSO
SOLICITE ORÇAMENTO

ANAC – RBAC 120

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) é uma agência reguladora federal do país e foi criada para regular e fiscalizar as atividades da aviação civil e a infraestrutura aeronáutica e aeroportuária no Brasil. Sendo a Visão da ANAC “Ser referência na promoção da segurança e no desenvolvimento da aviação civil” e tendo um de seus Valores como “Segurança é o nosso propósito”, ela desenvolveu a RBAC (Regulamento Brasileiro da Aviação Civil) nº 120, com o título “Programa de Prevenção do Risco Associado ao Uso Indevido de Substâncias Psicoativas na Aviação Civil” e esse programa é referência nacional nesse tema.

O Instituto Sapiens Vita junto com o Laboratório Sapiens participa ativamente da RBAC 120, executando Exames Toxicológicos de Substâncias Psicoativas (ETSP) para a detecção de álcool, maconha e metabólitos, morfina/opiáceos e seus metabólitos, cocaína e seus metabólitos, anfetaminas, metanfetaminas e outras substâncias psicoativas. Consulte nosso escopo de atuação e as matrizes biológicas que trabalhamos.

Somos acreditados pelo INMETRO para a realização de análises toxicológicas.

Além dos exames, realizamos Programa de Prevenção do Risco Associado ao Uso Indevido de Substâncias Psicoativas, Educação para a Prevenção ao Uso Indevido de Substâncias Psicoativas.

RBAC120 – PDF
RBAC120 – PDF
ACESSE O CURSO
SOLICITE ORÇAMENTO

FALE CONOSCO

Estamos disponíveis para atendê-lo da melhor forma, preencha o formulário ou entre em contato através de nossos meios de comunicação abaixo:

FALE CONOSCO

Preencha o formulário ou entre em contato através de nossos meios de comunicação abaixo: